Imagem capa - Como evitar que o recém-nascido se contamine por viroses trazidas pelas visitas por Claudia Milani Fotografia
Para mamãesRecém-nascidos e bebês

Como evitar que o recém-nascido se contamine por viroses trazidas pelas visitas

As visitas são uma fonte de germes que podem contaminar o recém-nascido. Ninguém quer que o bebê adoeça, e há alguns cuidados adicionais para evitar que isso aconteça. Bebês pequenos são mais suscetíveis a infecções graves do que crianças maiores e adultos. E, caso se contamine, a doença pode progredir rapidamente. Além disso, no início é mais difícil distinguir entre uma doença leve e uma potencialmente grave.


Contudo, a maioria das doenças que acometem os bebês não são bacterianas, mas sim resfriados e viroses. Na realidade, os micro-organismos das visitas que contaminam seu bebê quase sempre vão provocar uma virose, que poderá parecer o início de uma infecção bacteriana e exigir os exames e tratamentos. Assim, vale a pena se esforçar para evitar que o bebê fique doente ou febril. Não apenas você estará poupando seu pequeno do mal-estar  de uma doença como, e ainda mais importante, poderá evitar preocupações e procedimentos invasivos que certamente ocorrerão se o bebê precisar ser internado.


A maior parte das infecções se dissemina por contato e toque, e por isso deve-se tomar uma série de precauções. Embora a maior parte dos adultos entenda que você quer evitar a exposição a micro-organismos, haverá sempre alguém que pensará que você simplesmente  está sendo “neurótica” demais. Atribua as restrições aos médicos.


Maneiras de limitar as infecções


1) Adie as visitas de todos que não estiverem bem de saúde. Avise a quem estiver com tosse ou resfriado para não ir visita-los até ficar bom.

2) Limite o privilégio de carregar o bebê a poucos familiares e amigos, e só depois de lavarem as mãos. As outras visitas podem olhar, mas não tocar ou beijar seu bebê.

3) Coloque desinfetantes à mão. Mantenha perto do bebê álcool gel ou desinfetantes que não exijam água ou toalha, para desinfetar as mãos.  


Fonte: A Bíblia do Bebê, Seu guia completo para os cuidados com o bebê, do nascimento aos 3 anos de idade. Consultores editoriais Dr. Luiz Vicente F. da Silva Filho e Dr. Mariano Tamura.

Foto: Claudia Milani