Imagem capa - 6 Dicas para fotografar seu bebê em casa por Claudia Milani Fotografia
Para mamãesPara fotógrafos

6 Dicas para fotografar seu bebê em casa

Hoje em dia a fotografia mais do que nunca faz parte do nosso cotidiano. Especialmente para quem tem filhos pequenos em casa. Não tenho dúvidas de que a quantidade de fotos que já tirei dos meus filhos de 5 e 2 anos, supera a quantidade de fotos de toda a minha infância até boa parte da minha vida adulta. 


É claro que eu recomendo que você procure um profissional qualificado para fazer aquelas fotos mega especiais, e não digo isso apenas porque eu sou fotógrafa, mas porque obviamente as fotos feitas em casa jamais terão a mesma qualidade profissional. Mas de maneira geral, não se faz fotos profissionais todos os dias, não é mesmo? 


Essas dicas servem tanto para um ensaio feito por você mesma num dia de inspiração quanto para aquelas fotos da vida cotidiana da criança (que geralmente somente os pais e mães tem o privilégio de testemunhar).  

Lembrando que essas dicas são válidas especialmente para crianças a partir dos 6 meses aproximadamente (que já permanecem sentadas sozinhas). 

Na capa deste post, uma fotinho que fiz da minha filha em casa, em cima da cama, cenário clean, usando luz natural. 

Espero que minhas dicas sejam úteis e que suas fotos tenham um significativo upgrade! Façam o teste e me contem! Bons cliques!


6 Dicas para fotografar seu bebê em casa


1) Escolha o momento apropriado

Aproveite quando o bebê esteja bem disposto e alimentado.  Evite fotografar se o bebê estiver com sono, com fome ou sentindo-se incômodo por qualquer motivo, como cólicas, resfriado ou mal estar por vacina por exemplo.


2) Deixe a criança à vontade

Evite pedir para o bebê sorrir, pois o resultado pode ser artificial. O ideal é criar condições para que o sorriso apareça naturalmente. Cantar uma música, fazer brincadeiras ou mostrar algum brinquedo são técnicas que ajudam muito. Também pode oferecer o brinquedo e ir fotografando enquanto a criança está distraída se divertindo.


3) Seja breve

Bebês e crianças pequenas se cansam muito facilmente e não gostam de permanecer muito tempo em uma atividade. Com exceção dos recém-nascidos (esse será assunto para outro post), procure fotografar o bebê o mais rápido possível. Assim você terá mais chances de fazer lindas fotos e captar sorrisos antes que ele se canse.  


4) Escolha o ambiente para fotografar  

Evite fotografar em meio a muitos objetos ou móveis. Inventar cenários mirabolantes também não funciona, pois irá desviar a atenção da criança, que deve ser o foco principal na foto. Lugares mais neutros ou o próprio quartinho funcionam melhor. Fotos no jardim também funcionam muito bem, mas esteja sempre atenta ao que está aparecendo no fundo, para evitar que entre na sua foto um cenário ou personagem indesejado. Outra dica é evitar ambientes muito agitados, pois em geral os bebês se sentem estressados.


5) Fotografe na altura da criança

Fotografe na linha do olhar da criança, agache-se ou sente-se para evitar fotografar de cima para baixo.

Para chamar a atenção para a câmera, peça para alguém fazer algum barulho ou mostrar um brinquedo atrás de você – assim o bebê olha em direção à lente. A pessoa também deve agachar pois do contrário o bebê irá olhar para cima.


6) Use luz suave

A luz do flash da câmera ou do celular é uma luz dura, que gera sombras indesejadas e brilho não muito natural nas fotos. Prefira desligar o flash e fotografar num ambiente bem iluminado, de preferência com luz natural. Deixe o bebê ou a criança perto da luz da janela, evitando o sol direto (utilize uma cortina ou tecido leve). O resultado será muito mais bonito!