Imagem capa - Benefícios dos Óleos Essenciais para os Bebês e Crianças por Claudia Milani

Benefícios dos Óleos Essenciais para os Bebês e Crianças

Eu utilizo os óleos essenciais no meu dia-a-dia e gosto muito do bem-estar que eles me proporcionam.


Comecei a utilizar em casa alguns óleos, como o lavanda, tangerina, limão, laranja, menta e também encontrei alguns mix de óleos essenciais como o Brave e o Breathe, que meus filhos também usam e adoram.


Descobri que alguns óleos também podem ser utilizados nos bebês, inclusive recém-nascidos, com segurança, desde que diluídos (veja tabela abaixo para saber como diluir).


O de lavanda inclusive eu utilizo nos meus ensaios newborn, pois o aroma ajuda a acalmar o bebê.


Claro que aqui estou falando dos óleos essenciais 100% naturais e de boa qualidade, por favor não confundam com essências ou produtos artificiais.


Os óleos essenciais mais indicados para bebês recém-nascidos são: lavanda e tangerina.


O óleo essencial de lavanda auxilia em um sono mais tranquilo, pois regula o sistema nervoso e relaxa. Possui qualidade analgésica e antisséptica.


Já o óleo essencial de tangerina ajuda a estimular o apetite de bebês e crianças e também alivia as cólicas quando usado para massagear a barriguinha.


Do sétimo ao nono mês de vida do bebê podem ser utilizados também o óleo essencial de palmarosa. Ele também auxilia a melhorar o apetite e a acalmar as emoções, agindo contra o medo.


A partir de 2 anos de idade podem iniciar o uso de dois óleos Essenciais muito utilizados na aromaterapia: Tea Tree (Melaleuca) e Eucalipto.


O óleo essencial de tea tree age contra bactérias, fungos e vírus, sendo muito utilizado para auxiliar no combate de micoses, caspa e infecções causadas por fungos. Também auxilia na melhora de resfriados, bronquite, sinusite e infecções de garganta.


O óleo essencial de eucalipto é indicado para o trato respiratório, pois é antisséptico e expectorante. Ajuda a secar o catarro e a combater a sinusite. Também é capaz de baixar febre por seu constituinte Cineol (70 a 85%, seu principal componente químico) ao ser usado em compressas frias.


Como utilizar óleos essenciais para bebês e crianças?


Seja para adultos ou crianças, os óleos essenciais não devem ser aplicados diretamente sobre a pele, pois são altamente concentrados. Óleos essenciais precisam ser diluídos em veículos carreadores como óleos vegetais (uso diluído no óleo de coco).


A pele das crianças é mais sensível e a absorção dos óleos essenciais tem um efeito mais rápido e forte do que em um adulto. Por isso, o uso exagerado pode causar problemas.


Quanto mais novo o bebê, maior deve ser a diluição do óleo essencial em um óleo carreador (óleo vegetal). Para recém-nascidos até os 6 meses deve-se colocar no máximo 1 gota em 30ml de óleo carreador. Dos 6 aos 12 meses 1 a 2 gotas e, a partir do primeiro ano de idade da criança, 1 a 5 gotas diluídas em 30 ml.

Diluir em 30ml de óleo carreador
Idade
Óleo Essencial

Recém-nascido até 6 meses
0 a 1 gota
6 a 12 meses
1 a 2 gotas
1 a 4 anos
1 a 5 gotas
5 a 7 anos
3 a 6 gotas
8 a 12 anos
5 a 10 gotas


Com a diluição adequada, os óleos essenciais podem ser utilizados para massagear os pés do bebê. Pode também ser utilizado em difusor elétrico para exalar o aroma.


Bem, essas são algumas dicas de hoje, baseada em algumas pesquisas que fiz sobre o tema. Também recebi informações de minha consultora (posso passar o contato se alguém se interessar), pois ela entende exatamente as propriedades de cada um, as maneiras corretas de utilizar e qual dos óleos podem ajudar de acordo com a necessidade.


Por isso, antes de utilizar os óleos, é recomendável que você consulte uma consultora ou aromaterapeuta.